26 de nov de 2010

Viagem de carro pro PEF

Chegou a hora de ir!!

A distância de Guajará pro Forte não é tão grande assim, mas a nossa viagem acaba sendo longa, pois não existe uma estrada que ligue os dois lugares. Por isso precisamos ir até Porto Velho e de lá seguir viagem. No total foram pouco mais de 1000 km de carro. Se essa tal estrada existisse, andaríamos menos da metade desse percurso.
Nos recomendaram ter muito cuidado na viagem, pois uma parte do percurso não é asfaltada. Até por isso, fomos em um comboio de 3 carros (no total éramos 4 casais) e não andamos à noite.



A próxima foto mostra a pista boa e a pista ruim!! Ah! Quanta diferença! A parte de barro não era esburacada (como eu pensava, quando disseram que era muito ruim), era toda onduladinha, muito chatinha. A Lia, outra vez, me disse que a estrada assim é chamada de costela de boi. As meninas que vieram pra cá também disseram que era a imitação mais acessível daquele aparelho do Polishop pra queimar calorias. Durante quase 200km fomos pulando e tremendo! Não passávamos de 40 km/h. Pense numa viagem chatinha!







Quase chegando em Costa Marques (o Forte Príncipe da Beira é como se fosse um bairro desta cidade), a pista mudou um pouco. O Hermani ficou brincando dizendo que estávamos no "Rali da Selva". Na foto, vocês podem ver... nem tava mais com cara de estrada.






É... foi cansativo, chato e tals, mas eu tirei proveito, como sempre!

Agora vou mostrar pra vocês algumas belezas e curioosidades do caminho!!
Essa foto foi a que eu mais gostei! Foi logo no ínicio da viagem. eu até dei um nome pra ela: "Reflexos". É... quem gosta de foto, dá nome e tudo!! hihihi!



O sol se pôs atrás de nós durante a viagem. Mas eu dei um jeitinho de tirar foto dele (já que eu não podia me virar - o carro estava cheio de tralhas nos bancos traseiros).





Ah! e muitassssss árvores, né? Afinal estamos na Selva. Eu achei este caminho de árvores lindo! Ele era bem extenso...




Quem me conhece, sabe como eu amo o céu!! E gente, como o céu de Rondônia é lindo!!
É cheio de nuvens... nunca vi ele todo azulzinho, como costuma ver no Rio.
Amo demais!
Aqui a fotinho escolhida entre mais de 100 que eu tirei só do céu!
A Gláucia, uma de nossos companheiros de viagem, em uma parada me contou que tomou um susto, pensando que eles tinham sido flagrados em um radar, mas logo depois se acalmou percebendo que o flash do "radar" vinha do meu carro, logo atrás deles! hehehe





Durante a viagem, vimos muitas e muitas borboletas. Eu fiquei impressionada com a panapaná (não é exatamente o coletivo de borboletas, mas é uma expressão indígena que indica um bando de borboletas que aparecem em certa época do ano - Lívia também é cultura). Infelizmente muitas deixaram este mundo batendo contra o nosso pára-brisas! Vocês conseguem ver na foto abaixo a manchinha que ela deixou?






No segundo dia de viagem, paramos pra almoçar num restaurante bem legal com comida à vontade. Lá tinha uma mini piscina com vários peixes e um deles era o famoso pirarucu. Ele é enorme, pessoalmente é maior ainda, mas na foto dá pra comparar com o outro peixinho (não lembro o nome) que tinha mais ou menos uns 30 cm.







Durante meus 25 anos de idade, eu nunca tinha visto um acampamento de sem-terras, a não ser pela TV. Acho que devido a nunca ter feito uma viagem tão longa de carro (já fiz de ônibus, mas dormia quase o caminho todo). Pronto... já tiquei essa durante a viagem. Na verdade, inicialmente, não identifiquei como um abrigo... achei estranho e até comentei com o Hermani: "Nossa, o que essas pessoas estão fazendo aqui no meio do nada". Porque tinham mulheres e crianças bem na beirinha da estrada e logo depois vinham os barraquinhos. Eu só fui entender o que era, quando mais a frente, avistei a bandeira vermelha estiada com o símbolo dos sem terra. Por isso que a foto não saiu tão boa e com nenhuma pessoa. Foi o tempo de ligar a camêra depois de ver a bandeira.






Quando passávamos por grandes fazendas, eu sempre via uma imagem muito parecida com a foto abaixo. Um campo bem vasto, com algumas árvores muito, muito altas sobressaindo neles. Fiquei me questionando durante algum tempo e até comentei com o Hermani. Tirei a seguinte conclusão: Antes de alguém ocupar estas terras, elas eram puramente selva... com suas majestosas árvores e sua fauna. Só que agora, infelizmente, o que faz lembrar o que esses campos cheios de rebanho já foram um dia, são essas lindas e poucas árvores.

Esta estava bem longe da pista, pois eu não consegui tirar foto das outras que estavam bem na beirinha, de tão altas que eram.







Falando em rebanho, estava eu distraída lendo o meu livro, quando o Hermani começa a diminuir mais ainda a velocidade. Levantei os meus olhos e o que vejo: muitas vacas, sendo guiadas por uns 3 homens.





Fomos nos aproximando e elas abriram caminho. Mas nem tão rápido como pensamos... essa aí de baixo quase foi pro "barro". Atravessou na nossa frente na maior tranquilidade.
E eu pedindo pro Hermani ir mais devagar, pra poder tirar mais foto. Ele ficou bravo: "Pow, você nunca viu vaca?". E eu respondi que sim, mas desse jeito (abrindo caminho no meio de uma BR pro carros passarem, ao som de "Ê, boi!") só tinha visto na novela "Rei do Gado".





Agora, vou encorajar vocês a me visitarem! Hihihi!

Para chegar aqui: Vocês podem pegar um voo pra Porto Velho, de lá um outro voo pra Ji-Paraná e de lá pegar um bus que leva aproximadamente 10 horas pra chegar em Costa Marques.
Aí, eu pego vocês de carro. Até chegar na minha casa são mais uns 40 minutos e pronto!
Quem se habilita??

Segue a fotinho do bus que encontramos na estrada. Tá tortinho, coitado!
Agora vocês me perdoam se até 2011 eu não puder visitar vocês?






Mas calma, a esperança é a última que morre!
Já estão melhorando a pista! Pegamos boa parte já reformada, só que pelo desvio. Ainda faltava marcação, eu acho! Mas, tenho certeza que daqui a uns 6 meses, um bom pedaço já está bem viável.





A foto a seguir, eu tirei quando já tínhamos passado por Costa Marques (nesses 40 minutos que falei acima) e achei que ficou linda. Queria registra a vegetação fechada, mas esqueci que estávamos com os vidros fechados e acabou dando refllexo de nós dois. Ainda não dei um nome pra ela, vocês me ajudam?



Enfim, chegamos!!





E, pra quem ainda não viu, a foto aérea do meu novo lar!
As casas dos militares são esse conjuntinhos brancos no canto inferior esquerdo.
É... um dos lados positivos... Uma casinha esperando pela gente. Casinha não, né? Casarão!
Em breve fotos da casa!

7 comentários:

  1. Caracaaaaaaaaaa amiga...ameiii o relato.. E as foto!!!
    Poxa me passa o nome dessa sua maquina...kkkk
    Ou então aquela foto q saiu o reflexo ficou showww demaissss...foto artistica!
    E a da borboleta ta praver direitinho...mo borrão!!!hahaha
    Ps. fiquei aq pensando...é um bom lugar pra vc ter galinhas e elas botarem ovos azuis! =D
    BJusssss
    e valeu...te vejo em 2012! kkkkkkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

      Excluir
  2. Tô chocada aqui até agora em como esse céu é LINDO!!! Vi o post de tarde bem rapidinho com Thiago, mostrando pra ele suas aventuras, mas só passamos pelas fotos mesmo. Você bem conhece o meu Gatão né?! huauaahua. Aquele poço de paciência e saco pra essas coisinhas. ¬¬ Enfim, assim que vi a foto pensei "ela pegou da net, é montagem", aí agora a noite em casa que parei pra ler direitinho choquei!! Mas confessa, tem photoshop, não tem? hahahaha
    =p
    A Joy é uma má, eu tô aqui com dó da pobre borboleta... deu pra ver mesmo o borrão colorido.
    E amiga, naaaada de galinhas! hahaha, bicho chato que só!

    Beijos, tô amando!
    ps: não sei pq não posso escolher meu nick como "Nessinha", o blog sempre pede que vincule a alguma conta e nunca me deixa assinar como quero...rs

    ResponderExcluir
  3. q viagem hein!!!
    mas ver essa paisagem recompensa tb!! a foto q eu mais gostei foi o por do sol no retrovisor... gigante... perfeito!! acho q nunca vi um por do sol tão colorido..

    por outro lado eu ja vi sem terra, inclusive eles já acamparam no campus da UFV e boi tb... ja ate tirei leite de vaca uma vez!! kkk

    ahh nessinha, não vem não, galinha é até legal... já teve mto lá em casa..
    mas vc pode fazer uma hortinha depois...

    bjooo

    ResponderExcluir
  4. Vc deu a volta em Rondônia, é???kkkk

    ResponderExcluir
  5. Já sei um nome para aquela fotinha!!! Lívia e Hermani, REALMENTE, na selva!!!!

    hahaha "Nunca viu uma vaca?" foi ótimo!!! Estou até vendo o Hermani falando isso!!

    ResponderExcluir
  6. POXA PARABÉNS. GOSTEI MUITO. TEM GENTE QUE NEM SONHA QUE EXISTE ESSE BRASIL.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...