23 de mar de 2011

Preciso de novas atividades!!

"Dizem que o cérebro humano mede o tempo por meio da observação dos movimentos.
Nossa noção de passagem do tempo deriva do movimento dos objetos, pessoas, sinais naturais e da repetição de eventos cíclicos, como o nascer e o pôr do sol."


Vocês não estão entendendo nada, né?? O blog é sobre experiências na Selva ou sobre teorias sobre o tempo?? hihi!
Calma... vou explicar porque comecei o post de forma tão elaborada...

Estamos aqui no PEF desde o dia 15 de novembro de 2010. Há exatos 4 meses e 8 dias.
[Nossa! JÁ??]
É... pra mim, está passando rápido demais! Tão rápido, que eu me perco durante os dias da semana! Estamos na terça e eu penso que ainda é segunda, ou que é quinta e já estamos na sexta...
Às vezes quero me lembrar quando aconteceu algo, tipo: "qual dia eu pintei a minha unha?", e eu tenho certeza que foi na quinta... Mas depois eu percebo que não: "foi na quarta, porque foi o dia que a Dona Marta limpou a casa.".
Como posso perder tanto a noção de tempo?? E aqui o negócio ainda complica porque estamos a 1 hora a menos do que vocês, aí no Brasil!

Aí... me lembrei que já tinha recebido um e-mail com um texto falando sobre "tempo acelera, quando ficamos mais velhos". Cavuquei minha caixa e nada... mas queria muito comentar isso com vocês, e claro, baseada em fatos...
Meu amigo Google me ajudou (como sempre), então aí está:

"Nosso cérebro é extremamente otimizado e evita fazer duas vezes o mesmo trabalho.
A maior parte dos nossos pensamentos (por volta de 40 mil) é automatizada e não aparece no índice de eventos do dia e portanto, quando você vive uma experiência pela primeira vez, ele dedica muitos recursos para compreender o que está acontecendo."

Pausa: Um exemplo do que vocês acabaram de ler são os caminhos de uma viagem de carro. Vocês também sentem que quando vamos pela primeira vez a algum lugar distante parece mais longe do que quando vamos várias vezes depois ou do que a volta?? Então... é porque na primeira vez, o cérebro estava com mais atenção e observando tudo, o caminho, as placas etc. Mas quando já sabemos o caminho de “cor e salteado” não nos preocupamos com detalhes, assim nos “distraímos” com outras coisas e quando vemos, já chegamos.

Continuando:
"Conforme a mesma experiência vai se repetindo, ele vai simplesmente colocando suas reações no modo automático e ‘apagando’ as experiências duplicadas."

Pausa 2: Exemplo clássico disso: Dirigir um carro... no início, você não consegue nem piscar... fica super concentrado em pisar no pedal, virar o volante, trocar marcha, enxugar o suor, olhar pro sinal, e por aí vai... mas depois, você faz isso tudo sem nem sentir.


"Conforme envelhecemos, as coisas começam a se repetir: as mesmas ruas, pessoas, problemas, desafios, programas de televisão, reclamações… enfim … as experiências novas (aquelas que fazem a mente parar e pensar de verdade, fazendo com que seu dia pareça ter sido longo e cheio de novidades), vão diminuindo.
Até que tanta coisa se repete que fica difícil dizer o que tivemos de novidade na semana, no ano ou, para algumas pessoas, na década."

Pausa de novo: Opa!! Esse é o meu caso! Não... não tô tão velha pra sentir isso... mas a parte: "fica difícil dizer o que tivemos de novidade na semana" foi escrita pra mim!! huhauhauhauhau!

Enfim, vamos prosseguir para o GRAN FINALE:
"Em outras palavras, o que faz o tempo parecer que acelera é a…ROTINA"

Pois é, galerinha... a rotina é a melhor descrição para o meu novo estilo de vida:

Acordo entre 7h e 8h (poucas vezes vou até 9h)
Vou até a padaria comprar 10 pães (5 de sal e 5 de cachorro quente)
Tomo café da manhã exatamente às 9h
Entro na net e fico no meu vício (MiniFazenda do orkut)
Levanto pra fazer o almoço
Almoço
Passo um tempo com maridinho até dar 13:15h (hora de voltar ao trab)
Mais net
Mais net
Mais net
Hermani chega
Vemos TV (ou eu fico na net)
Lanche
Filme
Acabou o dia!

Não vou ser tão melodramática.... Claro que tem alguns eventos que alteram essa rotina...Por exemplo:

1) Falta luz durante a manhã ou durante à tarde ou durante à noite ou durante 2 dias inteiros! hihi!
2) A Francis fica no cio e esquece o lugar certo de fazer suas necessidades, me obrigando a limpar a cagada que ela faz
3) Alguma vizinha vem aqui ou eu vou até alguma vizinha
4) Vamos até Costa Marques (mercado, correios e tals)
5) Aprendo novas receitas
6) Aprendo novas artes (nas unhas, depois posto fotos)
7) Planejamos festinhas
8) não muito mais que isso!! hihihi!

Mas tudo isso faz com que meu ano passe mais rápido... e as férias chegam... e eu vejo um monte de gente que eu tô morrendo de saudade!
Então o fim do balanço é POSITIVO!

Logo... salve a rotina da SELVA! hihihi!

14 de mar de 2011

Quase uma Itu!

Vocês já ouviram falar na Cidade do Exagero? É a cidade de Itu, em São Paulo!
Nós não estamos em Itu, mas aqui também existem coisas gigantes... E essas coisas, como vocês já podem imaginar, são bichos!! hihi!
Não tem como fugir deste tema, né?? Já que estamos na Selva Amazônica!!

Outro dia, estou na cozinha e escuto minha vizinha Bia me chamando:"Lívia, vem aqui que eu tenho uma coisa pra você colocar no seu blog!"
Opa... pego a máquina e lá vou eu pro muro!
Gente... quando eu vi, até me assustei! Olha o tamanho do besouro!!
Eu até tentei pegar, mas fiquei com muitooo nervoso! Ele estava morto já...Tava aqui pela grama! Mas mesmo assim não deu...



Reparem que ele é do tamanho da mão do meu vizinho!
Ai... me dá arrepio até agora!


Aí lembrei que há uns meses atrás, um outro vizinho tirou uma foto da "barata da selva"!
Ela também é gigante, né?? Um pouco maior que o besouro!
NOJENTA! Já vi uma dessas viva... Óbvio: saí correndo!!



Acho que esses insetos tomam bomba! hauhauhu!
No dia seguinte do besouro, o Hermani chegou pra almoçar com um embrulhinho de papel! Perguntei o que era e ele fez suspense, pedindo pra eu abrir!
E...Tcharammm: Um mosquito do tamanho do meu dedão! Vocês tem noção??
Essa foto é especialmente pra minha mãe... que fica me dando altos conselhos: "Passa repelente! Passa pomada pra parar de coçar! Passa isso, passa aquilo"
E eu sempre respondo: "Mãe, os mosquitos daqui não são iguais ao do Sudeste... nada disso adianta!"
E agora, mãe? Acredita em mim?? ahuahuahuahuahu!


Pra finalizar o post uma fotinho da borboleta mais bonita que já vi por aqui! Eu chamo de "borboleta da selva", porque nunca tinha visto uma com este formato!! Parece que elas tem um rabinho! hihi!
São lindas e super coloridas... de verde e amarelo! BRASIL!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...