31 de mai de 2011

Panapaná (coletivo de borboletas)


Chega de bichinhos asquerosos, né?
Hoje vou mostrar pra vocês um fenômeno bem legal que temos aqui no Norte!

Essa foto eu tirei no dia 06/05, quando voltava de Costa Marques.
O engraçado foi o pessoal achando estranho a gente parar pra tirar foto!
(essa casa aí atrás é a padaria aqui do Forte)

Conseguem ver as borboletas?


No dia seguinte, eu estava na varanda de casa e avistei muitas borboletas na beira do rio!
Peguei a máquina e a Francis e fui tirar fotocas... Gente, na frente da Garagem aqui do pelotão tinham muitassss borboletas!
Olha que legal que ficou a foto!

Muito mais borboletas que no dia anterior!


"A borboleta, quando completa sua metamorfose, tende a voar para longe, tendo em vista que seu ciclo de vida é curto. Pesquisas com o monitoramento do vôo das borboletas definiram classificação em dois tipos: o vôo rápido, em linha reta, no qual a borboleta se desloca em velocidade nas rotas migratórias e o vôo lento, em voltas e círculos, com o propósito de encontrar alimentos, locais para depósito dos ovos e futura hibernaçãoConclui-se que o que está acontecendo aqui é uma migração de borboletas."
Retirei esse texto deste blog (clique).



O engraçado era a Francis tentando morder as borboletas! hihi!



 Essa foi a foto mais bonita que eu consegui tirar...
Se ninguém perturbasse (como eu tava fazendo) ela ficavam assim, amontoadas!!



Pra quem quiser assistir, eu filmei e depois de 1 dia inteiro consegui baixar pro Youtube!
São 2 minutinhos que as fotos não conseguem expressar, é só clicar na frase abaixo:







23 de mai de 2011

Os bichos atacam [parte 3]


Pessoal, chegamos ao último episódio de "Os bichos atacam"! hauhauhau!
Que bom, né?? Depois desse ainda não tive mais nenhuma experiência com bichinhos da selva!

Como vocês sabem, eu já tô super esperta, né?
Lembram que a perereca que pulou em cima de mim estava dentro da pia? Por isso, toda vez que vou lavar louça, olho direitinho pra ver se não tem nenhuma por ali, esperando pra dar o bote (olha o exagero).

Então... passados alguns dias do [parte 1], eu encontrei mais uma perereca na pia. Mas pra minha sorte ela não pulou na minha direção... Ficou ali quietinha, quietinha!
Mas eu não quis nem saber... Chamei o Hermani! hihi!
E resolvemos jogar sal nela (minha vizinha Gabi que ensinou essa mandinga) para ela parar de respirar.

Gente... o Hermani quase gastou 1kg de sal na bicha! hauahua!
Parece que ela pressentiu que o sal tava vindo e antes de pegar nela, ela pulava!!
Mas uma hora ele conseguiu (e a cozinha ficou cheia de sal).
Olha como ela ficou!


estribuchou!


Fiquei toda satisfeita, mas agora ele tinha que tirar ela de lá, né?
Despreocupada, eu voltei pra pia (ela estava longe) e ouvi um palavrão... Perguntei o que tinha sido e o Hermani respondeu: "Ela não morreu". huahuahu!
Ela fugiu pra área:



E eu continuei na técnica do sal. Pedi pra ele jogar mais... mas a danada tinha alguma proteção, sei lá... começou a pular que nem doida!!
Enfim, o Hermani conseguiu colocar ela pra fora (no quintal). 
Eu não fiquei muito satisfeita, até pq depois a Francis podia encontrar a bicha e comê-la!
Mas, ela não tava mais perto de mim, né?? 
O que os olhos não vêem, o coração não sente!

Olha quanto sal e
a marquinha do local que ela tava


Passaram-se algumas horas e escuto a Francis latindo igual doida lá fora!
E logo lembrei: "Ela achou a perereca".
E fui com todo cuidado tentar achar a bicha...
Nem precisei me esforçar... a Francis tava tentando cavar a terra pra conseguir pegar a perereca!

Estão enxergando ela?
E as marcas das cavucadas da Francis?

Final da história: tranquei a Francis dentro de casa durante o dia inteiro!
Vocês acharam que eu ia cutucar a perereca ali?? 
Claro que não!!

11 de mai de 2011

Os bichos atacam [parte 2]

Depois do episódio da perereca saltitante, vocês podem imaginar como eu entro na cozinha agora, né??
Dou aquela olhada, vasculhando algum "intruso". E na hora de lavar a louça, idem!!

Pois bem, um dia depois da [parte 1], resolvi fazer uma pizza pra comermos à noite (já que aqui não tem Pizzaria). Uma já estava no forno, a outra eu estava montando em cima do fogão, quando de repente: "Ploft!". Alguma coisa caiu do céu teto.
E vocês acham que eu quis saber o que era?? ahuahuahu! Claro que não! Saí correndo e gritando "Hééééérmaniiiiiii". hihi!

Mas enquanto ele não vinha (vocês sabem como são os homens, né? Acham que a gente grita por qualquer coisa. Acho que ele ficou esperando eu dar o segundo grito pra ver se valia a pena sair da comodidade da cama), eu voltei agachada pra porta da cozinha e tentei ver o que era: E vi aquela sombra no laminado do fogão (eu uso aqueles protetores de alumínio pra não ter que limpar - preguiçosa). É, com certeza era outra perereca... ou a mesma, né?

Aí, dei o segundo grito pro Hermani vir me salvar!! E ele veio perguntando: O que foi??? (com aquela cara)!
E eu contei tudinho pra ele, rapidamente claro, pq estava com medo que a perereca se mexesse. Mostrei onde estava e ele se agachou pra ver, pq o fogão estava cheio de panelas e... com a pizza que eu tava preparando! E ele soltou um: "Ih!! Essa é grande, heim!"

Enfim, eu não queria saber se ela era grande ou pequena... queria ela longe do meu fogão e da minha pizza! Até pq a outra que estava no forno, tava quase pronta (quase que queima).

E lá vai o meu salvador, tirar todas as panelas do fogão e.... Tcharammm! Não era uma perereca... era um MORCEGO!?!? hauhauhaua!
Na hora ele começou a andar (vocês já viram morcego andando? é horrivel... estranhíssimo) e deu meio que um pulinho pra cima do bujão de gás e ficou lá paradão (que bom, imagina se ele começa a voar??)!!
[Depois conversando com o Hermani, fiquei meio indignada por ele não ter voado!! É raro a gente ver um morcego paradinho desse jeito... e ele me disse que talvez fosse por causa da luz da cozinha! Pq eles gostam mesmo é de escurinho, né??]
E eu?? Já corri pra pegar a Francis (vai que ela resolve comer ele... ela come tudo) e fugi pro quarto!
O Hermani tirou a pizza do forno, levou a outra pro quarto (quase que criamos um novo sabor: Pizza de Morcego) e conseguiu exterminar o morcego. UFA!

Ele ainda me deu um esporro, pq disse que fui eu que deixei a tela aberta (a porta da frente), ou seja, a culpa foi minha! Eu deixei aberta pra Francis fazer cocô lá fora, oras!! Não é ele que limpa quando ela caga aqui dentro, né?

Não tenho foto do morceguinho! Até pq desta história eu só participei mesmo no início, depois fugi!! hihi!

Aqui à noite tem muito morcego. Tem casa aqui que tem ninho do forro e tudo (né, Bia?), mas nunca me incomodaram muito, né? Do mesmo jeito da perereca... ele lá longe tá bom, mas não vem pra perto de mim, poxa!!! hihi!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...